ATENDIMENTOS POR TELEMEDICINA

Olá, tudo bem?

Em virtude da orientação de restrição domiciliar pelo risco de contaminação pelp coronavirus, desde março de 2020, o Conselho Federal de Medicina (CFM) autorizou o uso da telemedicina.
Assim, podemos realizar uma consulta por vídeo, para avaliar seus sintomas e planejarmos um tratamento. 
Claro que essa modalidade de atendimento possui algumas limitações, principalmente naqueles casos em que o exame físico nos ajudaria a elucidar o diagnóstico, mas a maior parte das consultas é bastante resolutiva e os pacientes costumam ficar bem satisfeitos com os desfechos.
Por isso, no momento do agendamento, pedirei algumas informações sobre o motivo da consulta, para que possa avaliar se pode ser avaliada dessa forma ou se uma consulta presencial é indspensável.
O acesso à consulta é feito através de uma videochamada na plataforma Zoom no dia e horário combinados (é de fácil utilização, o link de acesso é enviado por email após a confirmação do pagamento).
De acordo com os sintomas, pode ser necessária a solicitação de exames adicionais para investigação. 
Caso não haja uma boa resposta ao tratamento ou por algum outro motivo, pode ser necessária uma avaliação pessoalmente no consultório.
É possível enviar as receitas também por email, com assinatura digital, sem dificuldades para compras nas farmácias.
Será enviado também um termo de consentimento obrigatório para a consulta. Ele fornece orientações sobre o funcionamento da telemedicina e é exigido pelo CFM.
Após lê-lo com atenção, é necessário imprimir, assinar e enviar em boa qualidade para mim, antes da consulta.
Fico a disposição para esclarecimento de dúvidas.

Dra. Luísi Rabaioli.